Porto Alegre

Rio de Janeiro

São Paulo


IN ES BR

Certificações

Certificação CNPQ
Certificação ISO
Certificação empresa ISO 9001:2008 e CNPq.

Receber Notícias

E-mail:
Nome:

CUIDADOS COM EXCESSO DE SÓDIO NOS ALIMENTOS

O sódio é consumido em boa parte dos alimentos, principalmente o sal de cozinha (cloreto de sódio), e tem papel importante no funcionamento do organismo. Auxiliar na contração muscular, no equilíbrio de água no orgasmo e nos ritmos cardíacos são algumas dessas funções.

Contudo, o consumo do sódio em excesso é extremamente perigoso para a saúde. O risco de hipertensão (pressão alta) pode desencadear o aparecimento de outras doenças crônicas, como AVC, aneurisma, insuficiência renal e cardíaca e até mesmo doenças respirátórias, como a asma.

Além disso, o sódio causa retenção de líquido, o que ajuda a causar a sensação de inchaço. É em função desses riscos que muitos médicos e nutricionistas recomendam a diminuição de sódio na comida.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH), recomenda-se que o consumo de sal seja de, no máximo, 6g por dia. Indivíduos hipertensos devem ingerir ainda menos, o que pode variar de caso para caso.

Alimentos ricos em sódio e que devem ser evitados

Para reduzir o consumo de sal, é indicado substituí-lo por outros temperos na cozinha, como manjericão, curry, alho, cebola e orégano. Ler os rótulos do produtos processados ou industrializados ajuda a ter uma estimativa de quanto sódio há em cada alimento.

Porém, a quantidade de sódio de alguns alimentos, principalmente os industrializados, já é conhecida e, por isso devem ser evitados ou não consumidos. Dentre esses alimentos estão: macarrão instantâneo, lasanhas congeladas, temperos propntos, caldo de carne e de galinha, misturas para sopas, dentre outros.


clinica leger s�o paulo Clinica Leger Moema São Paulo

 

Clínica Maison Leger Porto Alegre
Clínica Leger Rio de Janeiro
Clínica Leger Recife