Porto Alegre

Rio de Janeiro

São Paulo


IN ES BR

Certificações

Certificação CNPQ
Certificação ISO
Certificação empresa ISO 9001:2008 e CNPq.

Receber Notícias

E-mail:
Nome:

Micose

Infecção por fungo

Micose é uma infecção do tipo tinea, que pode ser causada por três gêneros de fungos. Eles são chamados dermatófitos pela atração pela pele, cabelo e unhas.

Trichophyton - pele, cabelo e unhas

Microsporum - pele e cabelo

Epidermophyton - pele e unhas

Os fungos ainda podem ser classificados de acordo com o ambiente onde são mais facilmente encontrados. Os zoofílicos (mais presentes nos animais como cães e gatos) causam uma inflamação mais grave quando acometem humanos, do que os fungos antropofílicos (mais encontrados nas pessoas). Ainda há os geofílicos, presentes mais na terra e nas plantas.

A diferenciação do tipo de fungo que produz determinada micose é importante para escolha do tratamento. Um exame microscópico de uma raspagem da pele, um pedaço da unha ou pedaço de cabelo é o suficiente para definir a abordagem do problema. Uma forma simples de coleta permite a raspagem da pele a partir da margem escamosa da lesão, com uma pequena cureta ou uma lâmina de bisturi. A mostra de unha pode ser cortada ou raspada e o fio de cabelo deve ser arrancado com uma pinça.

Micose nos pés

A tinea pedis (pé de atleta) é o tipo mais comum de infecção fúngica em seres humanos. O compartilhamento de chuveiros e de piscinas, por exemplo, predispõe à infecção.

Micose nas unhas

Micose das unhas está geralmente associada com o pé de atleta. As primeiras mudanças ocorrem na borda livre da unha, que se torna amarelada. A separação da unha de seu leito e espessamento acontecem em seguida. Raramente a infecção atinge todas as unhas.

Micose nas mãos

Micose nas mãos geralmente é assimétrica e associada à micose dos pés. Ela pode causar avermelhamento quase imperceptível de uma palma sendo mais característico nas dobras.

Micose na virilha

Micose na virilha é muito comum nos homens e menos frequente nas mulheres. Causada pelos mesmos fungos do pé de atleta, a erupção é por vezes unilateral ou assimétrica. A parte interna da coxa superior pode estar envolvida e as lesões tendem a expandir-se lentamente. Em alguns casos, vesículas ou pústulas podem surgir dentro das lesões. Ao contrário do que ocorre nos casos de candidíase da virilha, o escroto é geralmente poupado.

Micose nos troncos e membros

A micose corporal é caracterizada por placas com descamação e eritema evidentes na periferia e que expandem-se lentamente em direção ao centro do corpo. A cura acontece no sentido contrário. Em alguns pacientes, o fungo provoca quase nenhuma inflamação, caso em que a infecção evolui bastante até a procura por tratamento.

Micose no couro cabeludo

Na sua maioria crianças, os pacientes que desenvolvem micose no couro cabeludo sofrem com cabelos quebradiços e até calvície. O organismo causador varia de país para país. Os fungos provenientes de fontes humanas (antropofílicos), origina áreas escamosas e com pouca inflamação. Os fungos provenientes de fontes animais (zoofílicos), induzem uma inflamação mais intensa que se espalha de pessoa para pessoa. Nos adultos, pode desenvolver-se na barba. Na micose, causada por Trichophyton schoenleini, a imagem é dominada pelo odor fétido, crostas amareladas ao redor dos cabelos e, por vezes, levando à alopecia cicatricial.

Tratamento para micose


clinica leger s�o paulo Clinica Leger Moema São Paulo

 

Clínica Maison Leger Porto Alegre
Clínica Leger Rio de Janeiro
Clínica Leger Recife