Porto Alegre

Rio de Janeiro

São Paulo


IN ES BR

Certificações

Certificação CNPQ
Certificação ISO
Certificação empresa ISO 9001:2008 e CNPq.

Receber Notícias

E-mail:
Nome:

NÚCLEO DE DERMATOLOGIA

Núcleo de Dermatologia Clínica Leger

NÚCLEO DE DERMATOLOGIA

O espaço Núcleo de Dermatologia foi criado para que as dúvidas mais frequentes sobre as doenças que atingem a pele possam ser minimizadas. São várias as razões para que nos preocupemos com a saúde da nossa pele.

Ela representa nosso escudo de proteção em relação ao meio externo, porém, ainda assim, ela absorve substâncias que estão pelo mundo, como a luz solar, por exemplo. É importante manter-se informado no que se refere aos cuidados que devemos ter com a pele.

Ao se falar sobre tratamentos dermatológicos, temos no primeiro plano as a parte mais externa do nosso corpo, daí voltamos a falar dos cuidados da pele. Ao se submeter a qualquer tratamento com finalidades estéticas, é preciso estar certo de que o mesmo será realizado sob um conhecimento dermaológico adequado.

ESTOMATITE AFTOSA RECORRENTE
Caracterizada por dolorosas úlceras orais, a estomatite aftosa pode afetar até 20% da população em algum momento da vida. Seu tratamento é baseado em dados empíricos, buscando o manejo da dor e das alterações funcionais, a cicatrização, a redução da frequência das recorrências e evitar o aparecimento de novas lesões.

MELANOMA CUTÂNEO
O melanoma cutâneo é um tipo de câncer que se manifesta nos melanócitos, células que determinam a cor da pele. Tendo predominância em adultos brancos, esta neoplasia é tida como a mais grave que pode afetar o órgão. Sendo assim, é papel da dermatologia fazer um diagnóstico apurado e um tratamento preventivo.

PSORÍASE
Esta doença se caracteriza pelo surgimento de lesões avermelhadas e descamativas em placas no couro cabeludo, cotovelos e joelhos. Apesar de não contagiosa, a psoríase é crônica, se manifestando normalmente em pessoas de 30 a 50 anos. Ela raramente aparece durante a infância e a sua causa ainda é desconhecida.

ESTRIAS
As estrias são cicatrizes que aparecem quando há a destruição das fibras elásticas da epiderme. Mais comum na puberdade, elas são causadas pelo estiramento da pele. No entanto, elas são comuns também durante a gravidez, em casos de aumento de peso, colocação de próteses e uso de anabolizantes.

CICATRIZ DE ACNE
Depois de tratada, a acne pode deixar algumas marcas, causando a impressão de que esta ainda está lá. Para isto, alguns pacientes optam pelo tratamento com Laser CO2 Fracionado, diminuindo a visibilidade da cicatrizes.

XANTELASMA
Aparecendo principalmente nas pálpebras e nas axilas, o xantelasma são pequenos depósitos de gordura que aparecem no tecido epidérmico. Não uma doença, mas a manifestação aparente de um distúrbio no metabolismo de lipídio, especialmente do colesterol, fazendo com que sejam mais comum em adultos e idosos.

HEMANGIOMAS
Os hemangiomas são caracterizados pelo acúmulo anormal de vasos sanguíneos na pele ou nos órgãos internos. Normalmente, 30% deles já estão presentes desde o nascimento, o restante se manifesta, geralmente, nos primeiros meses de vida.

ACROCÓRDONS
Mais frequente em adultos a partir dos 30 anos, os acrocórdons são lesões moles que aparecem na pele. Geralmente localizadas nas faces laterais do pescoço, axilas, porção superior do tronco e pálpebras, sua causa é desconhecida e pode estar relacionada com uma tendência familiar, atingindo homens e mulheres.

SIRINGOMAS
Uma doença assintomática identificável por pequenas lesões cor de pele ou de tons amarelos, que tende a aparecer em variadas quantidades nas pálpebras e em torno dos olhos. É um tumor benigno, vindo das glândulas sudoríparas, que afeta primariamente a população feminina.

MELANOSES
Entre os vários perigos do descuido com a saúde da pele, um dos principais são as chamadas melanoses. São manchas causadas pela hiperpigmentação de certas regiões devido ao contato prologando com os raios solares. Para remediação, existem variados tratamentos disponíveis.

ENVELHECIMENTO DAS MÃOS
Com diversas formas de tratamento, é possível esconder a aparência da idade avançada perceptível nas mãos.

REMOÇÃO DE MAQUIAGEM DEFINITIVA
Maquiagem definitiva ou permanente pode ser removida por meio de tratamento a laser. Com comprimento de onda definido, o laser Q-Yag age apenas no pigmento da tinta, sem atingir a melanina ou outras áreas sensíveis ao redor.

TRATAMENTO DE ACNE
Acne vulgar ou juvenil é uma doença que pode atingir até 4/5 da população jovem ou na primeira parte da maioridade (entre 11 e 30 anos). Caso não tratada, pode iniciar-se ou persistir ao longo da vida adulta.

FLACIDEZ DA PELE
Como consequência recorrente do envelhecimento biológico, o tecido colágeno se torna continuamente mais rígido ao decorrer dos anos. É um resultado natural fisiológico que pode acontecer em qualquer área da pele.

DERMATITE SEBORRÉICA
A dermatite seborreica, conhecida também por caspa, consiste em uma inflamação crônica e recorrente que acomete, na maioria das vezes, o couro cabeludo. Os sintomas são vermelhidão, descamação e coceira.

ESCLERODERMIA
Uma doença na qual o tecido da pele torna-se rígido como tecido conjuntivo grosso, causado por acumulação excessiva de fibrose. Com características vasculares inflamatórias, ocorre uma vasão na camada íntima das artérias e arteríolas. O fenômeno não ocorre apenas na epiderme, eventualmente podendo incluir diversos órgãos, como os intestinos, coração, rins e pulmões, com risco de morte.

FOTOTERAPIA
A fototerapia é um tipo de tratamento feito por meio da luz, com radiações ultravioletas. Antes da radiação ultravioleta começar a ser utilizada na terapia, apenas a luz do sol era empregada.

ENVELHECIMENTO CUTÂNEO
O envelhecimento da pele, ou seja, cutâneo é um fenômeno fisiológico que ocorre de forma progressiva. Ele é irreversível e caracteriza-se pelo caimento funcional e estrutural da pele.

HIDRATAÇÃO
O rosto e as extremidades do corpo são os locais onde a pele fica mais exposta à desidratação. Os fenômenos ambientais que podem causar isso são a ventania, umidade baixa do ar e temperaturas baixas.

MELASMA
As áreas do corpo mais expostas à luz, principalmente a face, estão suscetíveis ao melasma. O melasma é um distúrbio causador de desordens de pigmentação, que se origina numa produção exagerada de melanina.

REMOÇÃO DE PELOS A LASER
A remoção de pelos a laser causa um retardo no crescimento dos fios chegando a durar até três meses, em média. Posteriormente, conforme o tratamento for feito, ele poderá proporcionar uma perda parcial permanente de pelos. Este tratamento deve ser feito levando em consideração o tipo de pele do paciente.

HIDROSADENITE
A hidrosadenite uma doença inflamatória que surge em locais da pele com muitas de glândulas apócrinas. Ela pode causar nódulos que são expelidos espontaneamente ou que mudam de lugar. Outro sintoma, mais grave, que ela pode acarretar são lesões que, depois de iniciadas, surgem sempre no mesmo lugar, podendo estender-se para outras áreas, com o tempo.

TRATAMENTO CAPILAR
O couro cabeludo pode apresentar diversos tipos doenças dermatológicas, que ocasionam a queda de cabelos, a oleosidade, a caspa etc. A origem mais comum da queda de cabelos é a Alopecia.

A DERMATOLOGIA

A dermatologia é a área médica responsável pelo diagnóstico e tratamento das doenças que acometem o maior órgão do nosso corpo, a pele. A especialidade abrange, também, doenças que atingem os anexos cutâneos, como cabelos e unhas, bem como, a boca e genitais (mucosas). Além disso, como a dermatologia tem atuado constantemente no contexto das doenças sexualmente transmissíveis ou doenças venéreas, o exercício desta atividade recebe, ainda, a denominação de dermatovenerologia.

A PELE

A pele tem a função de nos proteger do meio externo, isso é, nos poupar das agressões causadas por fungos, produtos químicos, bactérias, contato físico e fatores ambientais, tal como o sol. Ela é capaz de criar essa importante barreira por meio das células que compõem a derme e epiderme, com a ajuda de secreção de sebo e suor, de modo a formar uma camada de proteção.

Existem três camadas fundamentais que formam este órgão, sendo elas a epiderme, derme e hipoderme, que ficam sobrepostas e unidas entre si. Cada uma delas tem fundamental importância.

A camada exterior, chamada de epiderme, é aquela que faz a primeira barreira de proteção para o corpo, com a capacidade de evitar a saída de água do corpo e a entrada de substâncias nocivas.

A derme, segunda camada da pele, é formada por fibras e uma quantidade enorme de vasos sanguíneos e terminações nervosas. São estas terminações que enviam ao nosso cérebro as informações sobre o que acontece "lá fora", através dos nervos. Os estímulos são traduzidos em sensações que identificamos como dor, frio, calor, pressão, vibração, cócegas e prazer. 

A hipoderme é camada mais interna da pele e é formada por células de gordura, de modo que sua espessura pode variar dependendo do índice de gordura no corpo da pessoa. A hipoderme é responsável por manter a temperatura do nosso corpo e acumular energia para as atividades biológicas.

Acesse aqui o Núcleo de Dermatologia Clínica Leger.


Dra. Marina Barletta Dra. Marina Barletta
Médica Dermatologista CRM 142270 / RQE 38.812.
Formação: Graduação em Medicina no Hospital Santa Casa de Misericórdia de Vitória - ES
Residência Médica em Dermatologia pela Hospital do Servidor Publico Estadual de São Paulo – IAMSPE
Título de Especialista em Dermatologia pela Associação Médica Brasileira e Sociedade Brasileira de Dermatologia.
Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia – SBD – e regional de São Paulo.
Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica – SBCD.
Especialização em Tricologia - Hospital das Clínicas FMUSP e fellow no ambulatório de Tricoses da UNIFESP
Ex-Colaboradora do ambulatório de Tricologia - Hospital das Clínicas FMUSP - 2013 a 2014

Dra. Gina Matzenbacher Dra. Gina Matzenbacher
DERMATOLOGISTA - Membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia - CRM/RJ 854492 e RQE 20820; CRM/RS 31054.
Latu senso em Dermatologia pela Universidade do Grande Rio (Unigranrio), RJ.
Formação: Fundação Faculdade Federal de Ciências Médicas de Porto Alegre (FFFCMPA) - Hoje, Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), RS.

Dr. Márcio André Volkweis Dr. Márcio André Volkweis
Especialista em Dermatologia - CRM 28703 - RQE 27261
Membro associado da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia)
e da SBCD (Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica)
Fellow em Restauração Capilar pela AM-MED.
Formação: Graduação em Medicina pela UFSM (Santa Maria).

clinica leger s�o paulo Clinica Leger Moema São Paulo

 

Clínica Maison Leger Porto Alegre
Clínica Leger Rio de Janeiro
Clínica Leger Recife