Porto Alegre

Rio de Janeiro

São Paulo


IN ES BR

Certificações

Certificação CNPQ
Certificação ISO
Certificação empresa ISO 9001:2008 e CNPq.

Receber Notícias

E-mail:
Nome:

Preenchimento Corporal para aumento de volume

Preenchimento Corporal com Bioplastia

O preenchimento corporal pode ter resultado definitivo ou temporário e pode ser realizado com material natural ou sintético. O procedimento é de curta duração, realizado sob anestesia local, assim, o paciente acompanha todo o processo ativamente, opinando e acompanhando os resultados. Os preenchimentos corporais são indicados para aumento de volume em casos de assimetria corporal, de sequela de poliomielite, de lipodistrofiia em pacientes HIV positivo e síndrome Poland. Aplica-se, também, para harmonização corporal, aumento da região dos glúteos e aumento do peitoral.

Na maioria das vezes o preenchimento corporal é realizado com um implante líquido definitivo de polimetilmetacrilato, chamado de PMMA. Utilizado na medicina desde 1940 e empregado no aumento de tecidos desde 1989, o produto em formato de microesferas é misturado a um gel para ser implantado sem cortes. Biologicamente compatível e aprovado pela Anvisa, quando aplicado corretamente, o índice de complicações do preenchimento corporal com PMMA é de apenas 0,823%, conforme pesquisa divulgada em 2016 durante o 1º Simpósio Consenso Brasileiro de Implantes Infiltrativos PMMA.

A bioplastia, como também pode ser chamado o preenchimento corporal realizado com PMMA, é um procedimento que só pode ser realizado por médico e em local devidamente higienizado de acordo com as exigências da Anvisa. Esteticistas, técnicos em enfermagem, enfermeiros e biomédicos não possuem formação adequada para realização de nenhum tipo de preenchimento ou bioplastia, seja permanente ou temporário. O implante também não pode ser realizado em casa ou em quartos de hotel, é obrigatória a exposição em local visível do alvará da vigilância sanitária que autoriza a realização da bioplastia no local.

O preenchimento corporal só pode ser realizado após avaliação médica presencial, atendendo o artigo 37 do Código de Ética Médica (resolução 1931/2009) onde diz que é vedado ao médico "prescrever tratamento ou outros procedimentos sem exame direto do paciente, salvo em casos de urgência ou emergência e impossibilidade comprovada de realizá-lo, devendo, nesse caso, fazê-lo imediatamente após cessar o impedimento". A avaliação pode ser agendada por telefone ou e-mail. Durante a consulta serão observados o aspecto físico e o histórico clínico do paciente podendo ou não ser indicado o preenchimento com PMMA. Caso seja considerado apto ao procedimento o paciente poderá realizá-lo no mesmo dia, no próprio consultório. O valor da consulta pode ser descontado do preço da bioplastia.

representação das camadas da pele mostra aumento de volume por bioplastia após preenchimento corporal com pmma na camada subcutânea

Acertada a realização do procedimento, o médico irá solicitar a assinatura de um termo de consentimento sobre os riscos, esclarecidos durante a consulta de avaliação. Serão tiradas fotografias para registrar o antes e depois da bioplastia e linhas guias serão desenhadas no local de aplicação. O paciente recebe anestesia local e um pequeno acesso é aberto na pele para que a agulha sem ponta possa ser inserida. O implante é distribuído obedecendo as linhas do corpo do paciente visando um aumento de volume com aparência harmônica e natural. A utilização de microcânulas flexíveis ajuda a moldar o formato do implante. Por não terem ponta, as microcânulas reduzem danos a vasos e nervos, diminuindo o número de hematomas e reduzindo a possibilidade de obstruir a circulação ou espalhar PMMA na corrente sanguínea.

O procedimento dura em torno de uma hora e o paciente pode voltar à rotina no mesmo dia. É recomendado apenas evitar a realização de exercícios físicos ao menos na primeira semana. As primeiras modificações na aparência podem ser vistas logo após a aplicação e progridem ao longo do tempo. Uma consulta de revisão deve ser agendada em uma semana. Caso seja necessário, é possível fazer retoques para uma maior harmonização da aparência. Gradualmente o gel utilizado como meio de transporte para implantar as microesferas será absorvido pelo corpo, dando lugar a um novo tecido rico em colágeno que envolverá o PMMA. Esse processo impede que o produto saia do local injetado e migre para outras partes do corpo. O resultado é definitivo e por ser feito com agulhas tem cicatrização similar a de uma injeção.

PMMA não é hidrogel

Produtos como o hidrogel e o silicone líquido não são alternativas ao PMMA por serem substâncias proibidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Antes da aplicação solicite ao médico para verificar a marca, data de validade e lote do produto a ser injetado. Não é incomum a utilização de hidrogel e silicone líquido para aumentar os lucros. Além disso, existem diversas marcas de PMMA, uma rápida pesquisa no Google permite saber rapidamente quais delas são aprovadas pela Anvisa.

Conheça os 10 principais riscos do preenchimento corporal e como evitar.


clinica leger s�o paulo Clinica Leger Moema São Paulo

 

Clínica Maison Leger Porto Alegre
Clínica Leger Rio de Janeiro
Clínica Leger Recife