Porto Alegre Rio de Janeiro São Paulo

Atendimento

Entrar em Contato
SP (11) 4063-3338
SP (11) 2367-4816
RJ (21) 2492-0053
RS (51) 3012-4070
RS (51) 4063-8333
De segunda a sexta-feira, das 8h às 20h.



Redes Sociais

Receber Notícias

E-mail:
Nome:

Leger

Bioplastia

Cirurgia Plástica

Dermatologia

Odontologia Estética

Fisioterapia

Massoterapia

Day Spa

Nutrição

Psicologia

  • Laser co2 fracionado
  • Lighr Sheer
  • Laser Q-Yag
  • Aluma Laser
  • Velashape
  • Ultrashape

Silício no nosso organismo, muito além da estética

Desde o estímulo de colágeno até o fortalecimento de ossos e fios capilares


silicio no organismo Em 1957, um químico francês investigador no CNRS (Centre National de la Recherche Scientifique) começou a investigar os silanóis. Antes dele Pasteur já havia previsto a importância do silício para a saúde. Mas quem estudou as formas de Sílicio Orgânico facilmente assimiláveis pelo homem foi Norbert Duffault, que dedicou 30 anos no aperfeiçoamento de uma fórmula que permitiu obter um sílicio orgânico que produzisse resultados nos casos de artroses e de reumatismo.

O silício é o segundo elemento químico mais abundante na face da terra depois do oxigênio, um dos doze elementos principais na composição dos organismos vivos. Mesmo em quantidades pequenas desempenha um papel biológico importante considerado como essencial à vida. É um elemento chave dos tecidos conjuntivos. Na pele é indispensável à síntese das fibras de colágeno e de elastina, conferindo-lhe elasticidade e flexibilidade. Porém, a reposição do silício no organismo humano só foi possível após a descoberta da molécula do Silício Orgânico Hidrossolúvel, a mais de 30 anos. O silício orgânico hidrossolúvel é a única molécula com a capacidade de repor esse oligoelemento, o que dificilmente acontece de forma espontânea pelo organismo.

Têm-se comprovado que os níveis de silício variam na relação inversa à idade, sobretudo nas paredes arteriais e na pele. As artérias jovens têm mais silício que as velhas devido ao envelhecimento. Entre os 25 e 60 anos, ocorre um decréscimo de até 80% de silício nos tecidos mais ricos, como a pela e as artérias, deixando essas estruturas mais finas e frágeis. Por esse motivo, a reposição do silício se torna tão importante. Sua principal função é desentoxicar e restabelecer as funções vitais do organismo, reequilibrando a comunicação celular e amenizando o prejuízo com a perda natural desse oligoelmento. O silício orgânico é capaz de devolver até 40% da firmeza e tonicidade da pele, reduzindo a flacidez, fortalecendo cabelos e unhas, remineralizando os tecidos duros (ossos) e contribuindo também para reforçar as células do sistema imunológico.

O silício é considerado imprescindível para manter a boa saúde das articulações, diminuindo a dor e a inflamação e provocando uma gradual regeneração da cartilagem das articulações afetadas. E o silício orgânico hidrossoluvel dá ótimos resultados no alívio das dificuldades de mobilidade associadas a estas afecções. O único silício assimilável e que apresenta maior segurança e efetividade é o Monometilsilanetriol. Os demais, existentes no mercado, como as sílicas ou silicatos, não são absorvidos pelo organismo. Esse produto tem demostrado uma aplicação terapêutica com uma margem de segurança máxima. A reposição desse oligoelemento pode ser feita tanto topicamente, por meio de cremes, géis e séruns, quanto via oral, com a ingestão de capsúlas ou gomas. Ao final de três meses de tratamento já é possivel verificar os benefícios com a pele mais firme, unhas mais resistentes e cabelos mais brilhantes e com bulbos capilares fortalecidos.

Outras aplicações do Silício Orgânico Hidrssolúvel: Sistema Osteoarticular: consolidação de fraturas, artralgias, mialgias, tendinites, artroses, artrites, osteoporose, atraso no crescimento e traumatismo; Sistema Dermatológico: cicatrização de feridas, queimaduras, acne, aczemas, psoríase, micoses e queratodermia; Sistema Cardiovascular: arteriosclerose, arterioplastias em geral e hipertensão arterial (contribuindo com melhor elasticidade das paredes). Segundo Dr. Fábio Cesar dos Santos (CRM 79512).






clinica leger s�o paulo Clinica Leger Moema São Paulo

 

Clínica Maison Leger Porto Alegre
Clínica Leger Rio de Janeiro
Clínica Leger Recife