Clínica Leger Mesa

Porto Alegre

Clínica Leger Vista Ampla

Rio de Janeiro

Clínica Leger Sao Paulo

São Paulo

Leger Logo
Whatsapp Clinica Leger De segunda-feira a sexta-feira das 8h às 20h
Sábado das 09h às 16h

Agendamento por número único de WhatsApp disponível para todas as unidades.

Central de Atendimento

Certificações

Certificação CNPQ Certificação ISO9001

Certificações empresa CNPq e ISO 9001:2015.

Receber Notícias

E-mail:
Nome:

ANOREXIA NERVOSA (SINTOMAS, CAUSAS E TRATAMENTO)

A anorexia nervosa é uma disfunção alimentar, caracterizada por uma rígida e insuficiente dieta alimentar acarretando em baixo peso corporal e estresse. Constitui-se em uma doença complexa, envolvendo componentes biopsicossociais (biológicos, psicológicos e sociais), a pessoa com anorexia nervosa é chamada de anoréxica.

Essencialmente, é o comportamento persistente apresentado por uma pessoa em manter seu peso corporal abaixo dos níveis esperados para a sua estatura, além de uma percepção distorcida quanto ao seu próprio corpo, levando o paciente a ver-se como “gordo”, negando as afirmações de outros indivíduos acerca de seu estado físico, persistindo na tentativa de perder peso.

Uma pessoa anoréxica pode ser também bulímica. A anorexia nervosa afeta primariamente adolescentes do sexo feminino, mas também afeta alguns rapazes. No caso dos jovens adolescentes de ambos os sexos, poderá estar ligada a problemas de autoimagem, dismorfia, dificuldade em ser aceito pelo grupo, ou em lidar com a sexualidade genital emergente, especialmente se houver um quadro neurótico (particularmente do tipo obsessivo-compulsivo) ou história de abuso sexual ou de bullying.

Sintomas da anorexia nervosa

Peso corporal em 85% ou menos do nível normal;
Prática excessiva de atividades físicas, mesmo tendo um peso abaixo do normal;
Em mulheres, ausência de ao menos três ou mais menstruações, causando sérios danos ao sistema reprodutor feminino;
Diminuição ou ausência da líbido; nos rapazes poderá ocorrer disfunção erétil e dificuldade em atingir a maturação sexual completa, tanto a nível físico como emocional;
Crescimento retardado ou até paragem do mesmo, com a resultante má formação do esqueleto (pernas e braços curtos em relação ao tronco);
Descalcificação dos dentes; cárie dentária;
Depressão;
Tendências suicidas;
Bulimia, que pode desenvolver-se posteriormente em pessoas anoréxicas.

Causas da anorexia nervosa

A anorexia nervosa afeta muito mais pessoas jovens e do sexo feminino. Tem sido enfatizada em debates populares, a importância da mídia para o desenvolvimento de desordens como anorexia e bulimia, por alegadamente promover ela uma identificação da beleza com padrões físicos de magreza acentuada. Qualquer papel a ser exercido pela cultura de massa na promoção dessas desordens, no entanto, está ainda para ser demonstrado. Busca-se uma compreensão biopsicossocial para a leitura destas pacientes.Questões relativas à níveis mais elevados de perfeccionismo e preocupação com a forma física estão frequentemente relacionados à doença.

Independentemente do subtipo de anorexia desenvolvida, as pessoas anoréxicas possuem, comparativamente falando em relação à pessoas saudáveis de sua idade e sexo, uma incidência maior de transtornos da ansiedade ,especialmente o transtorno obsessivo-compulsivo, bom como, transtornos de do humor. A presença dessa busca por padrões de perfeição transcende o desenvolvimento da doença, sendo anterior a ela e permanecendo em pacientes que já foram curadas da doença. Alguns estudos sugerem que, apesar de uma inteligência média na faixa regular, anoréxicas possuem níveis mais altos de performance escolar e envolvimento acadêmico, o que sugere que o perfeccionismo nelas presente não se limita a temas relacionados apenas com comida e forma corporal. Outros traços obsessivos-compulsivos, além do perfeccionismo, são notados na infância de anoréxicas, principalmente inflexibilidade, forte adesão a regras estabelecidas, observação dos padrões mantidos por autoridades etc.

Tratamento da anorexia nervosa

Deve-se pensar em duas possibilidades de interveção, a psicoterápica e a medicamentosa, além de uma relação médico-paciente satisfatória, uma vez que a negação pelo paciente é muitas vezes presente. Dependendo do estado geral da paciente, pode-se pensar em internação para restabelecimento da saúde. Correção de possíveis alterações metabólicas e um plano alimentar bem definido são fundamentais. Além disso, o tratamento também deve abordar o quadro psicológico, podendo ser principalmente a terapia cognitivo-comportamental e psicoterapia individual. Em relação a abordagem farmacológico, tem-se utilizado principalmente os antidepressivos, mas que é uma área que carece de muitos resultados satisfatórios tendo em vista a multicausalidade da doença. Dessa forma, é importante pensarmos em uma abordagem interdisciplinar, com o apoio da família .

Veja também sobre tratamento psicológico.

Veja mais sobre Transtorno Alimentar.

clinica leger s�o paulo Clinica Leger Moema São Paulo
  • Alameda Maracatins, 1435, conj. 206/207. Moema (atrás do Shopping Ibirapuera)
  • São Paulo SP - BRASIL
  • Fone/Fax: 55 (11) 4063-3338/2367-4816
  • E-mail: [email protected]
  • Google Maps


 

Clínica Maison Leger Porto Alegre
Clínica Leger Rio de Janeiro
Clínica Leger Recife