Clínica Leger Mesa

Porto Alegre

Clínica Leger Vista Ampla

Rio de Janeiro

Clínica Leger Sao Paulo

São Paulo

Leger Logo
Whatsapp Clinica Leger De segunda-feira a sexta-feira das 8h às 20h
Sábado das 09h às 16h

Agendamento por número único de WhatsApp disponível para todas as unidades.

Central de Atendimento

Certificações

Certificação CNPQ Certificação ISO9001

Certificações empresa CNPq e ISO 9001:2015.

Receber Notícias

E-mail:
Nome:

BIOPLASTIA DE GLÚTEOS

As Clínicas Leger vêm atuando com ênfase em preenchimentos corporais e faciais há mais de dez anos. Entre os procedimentos mais realizados está a bioplastia para preenchimento de glúteos, uma técnica minimamente invasiva para harmonizar e aumentar gluteos com injeção de PMMA, produto aprovado pela Anvisa nº 80256510006. O procedimento é realizado pelo Dr. Roberto Chacur nas clínicas do Rio de Janeiro e de São Paulo e pela Dra. Danuza Dias em Porto Alegre. Todas as clínicas possuem álvara da vigilância sanitária para realização de procedimentos médicos, incluindo bioplastia de glúteos com polimetilmetacrilato.

Estudos comprovam riscos reduzidos em bioplastia de glúteos com PMMA

PMMA é um polímero biologicamente compatível utilizado na medicina há mais de 70 anos, sendo 30 como preenchedor definitivo. Assim como qualquer procedimento médico o preenchimento com PMMA não é isento de riscos, contudo, dois estudos recentes confirmam as melhorias feitas no produto ao longo de suas três gerações transformando-o em uma substância livre de impurezas, com microesferas de tamanho regular e superfície lisa, fatores que reduzem para quase zero o risco de granuloma, migração, alergia ou rejeição.

A primeira pesquisa foi divulgada em 2016 durante o 1° Simpósio Consenso Brasileiro de Implantes Infiltrativos realizada com 36 médicos de todo o Brasil e registrou apenas 719 complicações entre 87.371 preenchimentos realizados com PMMA, o equivalente a 0,823% do total. O segundo estudo, aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa (CAEE número 86722118.8.0000.5291) e publicado em junho de 2019 na revista Plastic and Reconstructive Surgery da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica, foi feita pelo Grupo de Pesquisa Leger, acompanhando mais de 1.500 pacientes por 10 anos totalizando quase 3.000 procedimentos e apontou risco inferior a 2% em aumento de glúteos com PMMA. O artigo completo pode ser acessado aqui.

Bioplastia de Glúteos para preencher e dar forma aos glúteos

Publicado em 19/07/2011 por Dr. Roberto Chacur CRM-RJ 953687 / CRM-SP 124125 e RQE-SP 33433 com colaboração de Dra Danuza Dias CRM/RS Nº 36568
Modificado em 16/04/2019
WhatsApp Central de Atendimento: (21) 990.039.072
E-mail: [email protected]

A bioplastia é um procedimento que só pode ser realizado por médicos e após avaliação presencial. Durante a conversa prévia no consultório médico serão avaliadas as possibilidades de tratamento para cada paciente. Optando-se pela bioplastia, o próximo passo é escolher qual a substância preenchedora e a marca do produto a ser utilizado, que precisa necessariamente ter liberação da ANVISA. Recomenda-se que o paciente esclareça todas as suas dúvidas sobre o produto com o médico e verifique também lote e validade nas ampolas da substância preenchedora que será utilizada. A bioplastia de glúteos não exige internação, mas deve ser realizada em ambulatório devidamente higienizado e que apresente alvará da vigilância sanitária.

Entre em contato para mais informações sobre bioplastia de glúteos e preços estimados. Valor exato do procedimento somente após avaliação médica presencial.

Endereço RJ: Av. das Américas, 3301, bloco 4, sala 301 - Barra da Tijuca
Fone: 55 (21) 4063-8333 / 2492-0053
Endereço SP: Alameda Maracatins, 1435, conj. 206/207 - Moema
Fone: 55 (11) 4063-3338 / 2228-0531
Endereço Porto Alegre: Rua Dr. Guimarães Rosa, 155 - Boa Vista
Fone: 55 (51) 4063-8333 / 3012.4070

Para preencher os glúteos existem três (3) técnicas principais, cada uma com suas peculiaridades riscos e indicações. São elas:

Prótese de silicone: sob anestesia em ambiente hospitalar uma prótese de silicone é implantada nos glúteos e passa a moldar a região segundo suas características de forma buscando harmonização. A cirurgia plástica de gluteoplastia requer cuidados especiais durante o pós-operatório, que inclui analgésicos e limitações como não sentar por duas (2) ou três (3) semanas. Existem diferentes modelos de prótese e o médico irá guiar a escolha de acordo com o formato de cada corpo para que a aparência do silicone no glúteo seja a mais natural possível.

Lipoescultura: o paciente é submetido a um procedimento de lipoaspiração convencional após o qual a gordura retirada é tratada e reimplantada na região dos glúteos. A lipoescultura demanda cuidados similares aos de uma cirurgia plástica, incluindo internação, anestesia e repouso. Este procedimento não é definitivo, sendo comum haver absorção da gordura implantada entre seis (6) meses e um ano após procedimento, o que implica em perda de quantidade e definição dos glúteos.

Bioplastia: levando em consideração as técnicas de preenchimento e peculiaridade de cada substância preenchedora, é possível preencher o glúteo proporcionando harmonia à região necessária, sempre respeitando a individualidade e necessidade de cada paciente.

Hoje, existem diversas substâncias preenchedoras liberadas pela ANVISA com possibilidade de uso na região dos glúteos, como ácido hialurônico, hidroxiapatita de cálcio e polimetilmetacrilato (PMMA), sendo este último definitivo.

Como funciona a bioplastia de glúteo

Bioplastia de glúteo funciona com implantes líquidos que ajudam a moldar o contorno corporal definindo tamanho e forma dos glúteos. O preenchimento é realizado no próprio consultório médico com anestesia local, sem cirurgia, sem corte e sem internação.

representação de preenchimento em leque realizado com bioplastia de glúteo Ilustração da bioplastia de glúteo feita com distribuição do preenchimento em leque.

A utilização de implantes líquidos permite uma maior versatilidade, sendo possível equilibrar assimetrias pontuais, podendo ser realizadas somente na parte superior ou somente na parte inferior do glúteo, preencher a lateral do glúteo conhecida como depressão trocantérica ou até mesmo adicionar volume em toda a região ajudando na definição do contorno e modelação corporal, de acordo com a necessidade de cada paciente e recomendação médica. Outro ponto positivo dos implantes líquidos é sua maleabilidade, o que permite que eles sejam moldados de acordo com as linhas naturais do paciente, evitando uma aparência artificial ou inestética.

O volume destinado às regiões corporais são normalmente maiores do que os utilizados no rosto devido à maior extensão da região a ser preenchida, nesses casos a substância mais indicada para a bioplastia de glúteo é o polimetilmetacrilato, um produto biologicamente compatível, composto por microesferas de PMMA distribuídas em gel para serem injetadas com microcânulas, sem cirurgia, corte ou internação. A marca de PMMA utilizada pela Clínica Leger é aprovada pela Anvisa, sendo este um produto utilizado na medicina há mais de 75 anos, sendo 30 como preenchedor, tendo passado por evoluções constantes e encontramdo-se hoje na terceira geração, o que significa um produto de superfície plana, livre de impurezas e com tamanho regular de microesferas. Conforme apurou o estudo feito pelo Grupo de Pesquisa Leger que acompanhou mais de 1.500 pacientes por 10 anos totalizando quase 3.000 procedimentos de aumento de glúteos com PMMA, o índice de intercorrência do produto foi inferior a 2%. O presente estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa (CAEE número 86722118.8.0000.5291) e publicado em junho de 2019 na revista Plastic and Reconstructive Surgery, um periódico da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica, o artigo completo pode ser acessado aqui.

Dr. Roberto Chacur esclarece sobre PMMA para bioplastia de glúteos

O paciente é anestesiado e então o médico faz um pequeno ponto de entrada com uma agulha normal para que possa distribuir a substância preenchedora com microcânulas, agulhas com ponta arredondada utilizadas para preservar nervos e vasos, reduzindo o número de hematomas e evitando que o preenchedor seja injetado no sistema vascular. Um dos pontos importantes é a correta distribuição do produto, que deve ser feita em leque e uniformemente durante o movimento de retirada da microcânula, evitando áreas de acúmulo e a formação de nódulos visíveis. É importante também injetar o preenchedor na profundidade certa, normalmente dentro do músculo ou entre o músculo e o osso, evitando que o produto migre ou que se torne visível com algum movimento do corpo. Além da utilização de microcânulas e de atenção na hora da distribuição e profundidade, é preciso definir adequadamente a quantidade de produto injetado. Como podemos ver no gráfico abaixo cada 20% de produto estimula 80% de tecido do próprio paciente.

grafivo-pmma

Estruturalmente o PMMA serve de pilar para a produção de tecido do próprio paciente, o novo tecido se formará ao redor das microesferas de PMMA, dando forma e volume ao glúteo. O que significa que o volume injetado deve ser sempre menor do que o ideal, especialmente por se tratar de um produto permamente e de difícil remoção, assim haverá aumento de volume não só pela aplicação do produto, mas também devido à formação de tecido autólogo. Caso seja necessário acrescentar mais volume é possível fazer retoques de forma gradual em sessões posteriores até que o objetivo almejado seja atendido, sempre respeitando as recomendações médicas e com cuidado para preservar as linhas naturais do corpo evitando uma aparência artificial ou inestética.

Aparentemente simples no seu conceito, a ciência do preenchimento requer precisão na sua aplicação, sendo a aparência final o produto da experiência do médico para produzir contornos harmônicos e naturais, uma técnica muito similar a da escultura e por vezes identificada como a arte do preenchimento.

capa do livro ciencia e arte do preenchimento Em seu livro o Dr. Roberto Chacur relata seus 12 anos de experiência na realização e pesquisa em harmonização facial e preenchimento corporal, incluindo fotos de antes e depois dos tratamentos realizados por ele. O livro Ciência e Arte do Preenchimento está disponível para download.

 

 

Antes e depois da Bioplastia de Glúteo

Antes da bioplastia de glúteo o paciente deverá passar por avaliação presencial onde serão avaliadas as condições físicas e histórico clínico para definir se o procedimento é indicado para o caso. É na consulta presencial que será definido o produto a ser utilizado e sua quantidade, o que interfere diretamente no preço da bioplastia de glúteo. Se houver disponibilidade de agenda o procedimento pode ser realizado no mesmo dia da avaliação, sem a necessidade de preparação extra. Após a consulta presencial e ainda antes de realizar a bioplastia, a paciente assina um termo de consentimento onde declara ter sido informada de todos os cuidados e orientações que deve seguir a fim de alcançar o objetivo pretendido, manifestando expressamente sua concordância e consentimento para realização do procedimento.

Depois da bioplastia de glúteo o paciente pode retomar as suas atividades normalmente, devendo apenas evitar atividade física por sete dias e não se expor ao sol. Conforme o anexo I, item 6, inciso VII da resolução nº 1.974/11 do Conselho Federal de Medicina é proibido "apresentar de forma abusiva enganosa ou sedutora representações visuais das alterações do corpo humano causadas por supostos tratamento ou submissão a tratamento; todo uso da imagem deve enfatizar apenas a assistência". No entanto, na consulta de avaliação presencial o médico poderá exibir fotos antes e depois da bioplastia de glúteo como forma de ilustrar as possibilidades do procedimento, sempre lembrando que este é um tratamento médico e como tal seus resultados podem variar de pessoa para pessoa.

Quantas sessões de bioplastia de glúteo são necessárias?

O número de sessões de bioplastia de glúteo varia conforme a extensão da área tratada, a quantidade de produto a ser injetado e o objetivo do paciente. Normalmente o procedimento é concluído no mesmo dia, mas se houver necessidade podem ser realizados retoques até alcançar uma aparência satisfatória e um contorno bem definido da região.

Quanto custa a bioplastia de glúteo

O preço da bioplastia de glúteo varia conforme o objetivo do tratamento, a extensão da área tratada e a quantidade de produto utilizado. É somente durante a consulta, fazendo uma avaliação presencial, que o médico poderá definir se este é o tratamento mais adequado para o caso e qual a quantidade de produto necessária. O valor da consulta varia de acordo com o médico de cada unidade e pode ser abatido do preço total do tratamento caso o mesmo seja realizado na clínica em até 30 dias. Conforme o estabelecido no anexo I, item 6, inciso XIV da resolução nº 1.974/11 do Conselho Federal de Medicina é proibido "divulgar preços de procedimentos, modalidades aceitas de pagamento/parcelamento ou eventuais concessões de descontos como forma de estabelecer diferencial na qualidade dos serviços". Informações sobre preços e valores da bioplastia de glúteo podem ser obtidos através da nossa central de atendimento nos números (21) 4063.8333, (11) 4063.3338 ou (51) 4063.8333, pelo email [email protected], pelo formulário no final desta página ou pelo WhatsApp Único (21) 990.039.072. Os preços informados podem variar de acordo com a avaliação presencial feita pelo médico.

Bioplastia de Glúteo dói?

É possível sentir algum desconforto no momento da anestesia, mas o resto do procedimento tende a ser tranquilo. Geralmente o procedimento é bem tolerado e o paciente pode retornar as suas atividades de rotina no mesmo dia, incluindo dirigir e sentar, somente a realização de atividade física deve ser interrompida por sete dias.

Quais são os riscos da bioplastia de glúteo?

Como qualquer procedimento médico a bioplastia de glúteos possui riscos, que são minimizados quando o tratamento é realizado com médico com registro válido no conselho de medicina do Estado onde o procedimento será realizado, quando o tratamento é feita em ambiente com alvará da vigilância sanitária para realização de procedimentos médicos e quando são utilizados produtos aprovados pela Anvisa. Ambiente, profissional e produto são os três fatores que o paciente deve cuidar ao realizar a bioplastia de glúteos.

Pesquisa mostra risco reduzido em bioplastia de glúteos

Conforme pesquisa divulgada durante o 1° Simpósio Consenso Brasileiro de Implantes Infiltrativos PMMA em 2016, que analisou mais de 85 mil casos de implantação do produto realizados por 36 médicos de todo o Brasil, o índice de complicações do preenchimento com polimetilmetacrilato é de 0,823%. Veja mais...

Para conhecer os riscos da bioplastia clique aqui. Este é um procedimento MÉDICO que deve ser necessariamente realizado em ambiente com ALVARÁ DA VIGILÂNCIA SANITÁRIA. Questione seu médico sobre o PRODUTO, peça para ver as ampolas com o LOTE e VALIDADE. Cuidado, INEXISTE produto manipulado com liberação da ANVISA.

Tratamento de celulite com bioplastia de glúteos e subcisão

Bioplastia para aumento de gluteos

É possível associar a bioplastia de glúteos a outros tratamentos, como a subcisão, de modo a remover ou minimizar o aspecto da celulite. Esse é o princípio do tratamento desenvolvido pelo Dr Roberto Chacur, chamado Goldincision. Para isso, é realizado o preenchimento da região para estimular o colágeno e reduzir a flacidez, seguido do descolamento dos septos fibrosos, devolvendo o aspecto liso da pele.

A celulite é uma doença recorrente que chega a atingir até 98% das mulheres, porém, ela não se manifesta da mesma forma em todas elas. Trata-se basicamente da tendência do hormônio feminino em acumular gordura nos glúteos e coxas, o que provoca o estiramento da pele, enquanto os septos fibrosos tensionam o tecido em sentidos opostos formando depressões e um aspecto similar ao da casca de uma laranja.

O tratamento para celulite com Goldincision é realizado quatro etapas: marcação dos pontos acometidos pela celulite com o paciente em pé, anestesia local com o paciente deitado, bioestimulação de colágeno com preenchimento e o paciente deitado e descolamento dos spetos fibrosos com o paciente em pé.

Com o paciente é pé é mais fácil localizar e marcar as depressões causadas pela celulite. Em seguida o paciente é deitado para receber a anestesia e o preenchimento em toda região a ser tratada com o objetivo de uniformizar o contorno corporal e estimular o colágeno.

A subcisão é um tratamento utilizado para a celulite de grau III e IV, ou seja, quando a pele já apresenta depressões bastante profundas. Este procedimento é feito sob anestesia local, onde se utiliza uma agulha “bisturizada” para romper os septos fibrosos situados abaixo da pele. Estes septos são os causadores dos “buracos” que acometem a pele neste grau da celulite, exercendo tração sobre a pele.

Quando a pele é liberada por esse procedimento, ocorre a elevação do tecido e a celulite dá lugar para um hematoma —  que faz parte do processo — , de modo que, após 30 dias, esse “roxo” dará origem a um novo tecido conjuntivo, substituindo o espaço que sofria depressão.

No pós-operatório é preciso utilizar uma cinta compressiva e manter o acompanhamento médico.

representação do preenchimento e subcisão do procedimento de goldincision para tratamento da celulite

É viável, ainda, realizar tratamentos que ajudam a amenizar os sintomas da celulite, tais como a radiofrequência e infravermelho.

Tratamento de Depressão trocantérica com bioplastia de glúteos

A depressão trocantérica é caracterizada por um desnível na parte lateral do glúteos, criando um sulco visível no glúteo feminino. Nesse caso, a bioplastia de glúteos com polimetilmetacrilato (PMMA) surge como uma alternativa para amenizar esse aspecto.

O procedimento procura trazer efeitos harmômicos e homogêneo, aspectos procurados por quem realiza algum tratamento estético.

Bioplastia dos glúteos para depressão trocantética: A depressão trocantérica (lateral do glúteo) é um aspecto bastante comum num glúteo feminino. Essa depressão pode ser preenchida objetivando tornar o glúteo mais arredondado.

A precisão da bioplastia dos glúteos: No exemplo anterior, de casos de depressão trocantérica, fica clara a caracteristica pontual dos procedimentos de bioplastia de glúteos. Isso acontece porque com este procedimento, é possível distribuir a quantidade que se almeja em direrentes pontos da área tratada. Dessa foma, é possível não somente aumentar o tamanho dos glúteos, mas também dar forma em regiões exatas nas quais se deseja uma mudança.

Resumindo, a bioplastia de glúteos tem se revelado uma forma viável para o procedimento para preenchimento de glúteos. O implante é realizado ambulatorialmente, onde se faz uso de anestesia local. Neste tipo de plástica o paciente pode acompanhar todo o processo acordado e conversando com o médico, de modo a participar ativamente. O implante utilizado na bioplastia de glúteos pode ser absorvível ou definitivo, o que deve ser avaliado junto ao médico responsável.

Resultados da bioplastia de glúteos

O resultado da bioplastia de glúteos é um contorno corporal definido; sem aparência artificial, moldado de acordo com as linhas naturais do paciente devido a maleabilidade dos implantes líquidos; sem cicatriz, por ser realizado com microcânula e imperceptível ao toque ou com o movimento do corpo por ser implantado em planos profundos, na maioria das vezes entre a pele e o músculo; além de uma pele saudável devido a estimulação de colágeno promovida pelo preenchimento, que contribui para redução da flacidez, melhora da hidratação, brilho, maciez e textura da pele. A aparência final pode ser melhor percebida 30 dias após o procedimento, com a redução de eventual edema e equimoses, no entanto este é um tratamento médico e como tal seus resultados podem variar de pessoa para pessoa.

Quando realizado após avaliação médica presencial, em ambiente com alvará da vigilância sanitária para realização de procedimentos médicos, sendo o preenchimento feito por médico com registro válido no conselho de medicina do Estado onde o tratamento é realizado e com produtos aprovados pela Anvisa, o resultado da bioplastia de glúteos é um contorno definido e saudável do bumbum devido ao preenchimento e estimulação de colágeno.

Bioplastia de Glúteo em São Paulo e no Rio de Janeiro com o Dr Roberto Chacur

foto do Dr Roberto chacur que realiza Bioplastia de Glúteo no Rio de Janeiro e em São Paulo com preenchimento

Dr. Roberto Chacur é médico cirugião e trabalha a há 12 anos exclusivamente com preenchimento facial e corporal tendo realizado mais de dez mil procedimentos. Autor do livro Ciência e Arte do Preenchimento e coordenador do Grupo de Pesquisa Leger, o Dr. Chacur possui diversos trabalhos publicados em revistas científicas do Brasil e do mundo, entre eles um estudo de caso feito ao longo de 10 anos que reuniu quase três mil casos bem sucedidos de bioplastia de glúteo com PMMA. Criador da técnica Goldincision para tratamento da celulite graus III e IV, o Dr Roberto Chacur trabalha também com associação de técnicas para rejuvenescimento e harmonização facial. CRM-RJ 953687; CRM-SP 124125 e RQE-SP 33433

Bioplastia de Glúteo em Porto Alegre com a Dra Danuza Dias

foto da Dra Danuza Dias que realiza Bioplastia de Glúteo em Porto Alegre com preenchimento

A Dra. Danuza Dias é diretora geral da Clínica Leger em Porto Alegre. A médica dedica-se há quase 10 anos à execução, pesquisa e aprimoramento da técnica do preenchimento facial e corporal. Integrante do Grupo de Pesquisa Leger, tem artigos publicados abordando tratamentos com implantes infiltrativos permanentes e absorvíveis. Na unidade gaúcha da clínica, a Dra. Danuza é a responsável pelos tratamentos de rejuvenescimento e harmonização facial com preenchimento, tratamento para celulite com GoldIncision e bioplastia de glúteos. CRM/RS: 36568.

clinica leger s�o paulo Clinica Leger Moema São Paulo
  • Alameda Maracatins, 1435, conj. 206/207. Moema (atrás do Shopping Ibirapuera)
  • São Paulo SP - BRASIL
  • Fone/Fax: 55 (11) 4063-3338/2367-4816
  • E-mail: [email protected]
  • Google Maps


 

Clínica Maison Leger Porto Alegre
Clínica Leger Rio de Janeiro
Clínica Leger Recife