Agendamento: RS +55 (51) 4063.8333, RJ +55 (21) 4063.8333, SP +55 (11) 4063.3338
De segunda-feira a sexta-feira das 8h às 20h | Sábado das 9h às 15h
Voltar

Blog

Voltar

Equipe referência em procedimentos com PMMA

A Clínica Leger conta com uma equipe de médicos capacitados para realização de procedimentos com PMMA como bioplastia de glúteos, bioestimulação de colágeno, tratamento da celulite com Goldincision, rejuvenescimento e harmonização facial. O PMMA é uma substância utilizada na área da saúde há mais de 80 anos, demonstrando ser um produto biologicamente compatível com o corpo humano. Em preenchimento é empregado há 30 anos e vem passando por consecutivas evoluções, encontrando-se hoje em sua quarta geração, o que significa um produto livre de impurezas, com microesferas de tamanho regular e superfície nano texturizada, fatores que reduzem consideravelmente o risco de granuloma, infecção, alergia, rejeição e aumentam a fixação e o estímulo à produção de colágeno.

O preenchimento com PMMA, como qualquer procedimento médico, apresenta riscos, que podem chegar próximo a zero quando utilizados produtos de marcas comerciais aprovadas pela Anvisa, aplicados por médicos capacitados, na profundidade certa, na quantidade certa e em ambiente com alvará da vigilância sanitária para realização de procedimentos médicos.

Conheça os médicos capacitados para realizar procedimentos com PMMA

Estudos científicos recentes apontam chances reduzidas de complicações em preenchimento com PMMA. O primeiro foi divulgado em 2016 durante o 1° Simpósio Consenso Brasileiro de Implantes Infiltrativos através de pesquisa realizada com 36 médicos de todo o Brasil que analisou 87.371 preenchimentos realizados com PMMA e registrou apenas 719 complicações, o equivalente a 0,823% do total. O segundo foi publicado em junho de 2019 na revista Plastic and Reconstructive Surgery, um periódico da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica. Aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa (CAEE número 86722118.8.0000.5291), o relato de caso feito pelo Grupo de Pesquisa Leger que acompanhou mais de 1.500 pacientes por 10 anos apontou um índice de intercorrência inferior a 2% em quase 3.000 procedimentos de aumento de glúteos com PMMA.