Clínica Leger Mesa

Porto Alegre

Clínica Leger Vista Ampla

Rio de Janeiro

Clínica Leger Sao Paulo

São Paulo

Leger Logo
Whatsapp Clinica Leger De segunda-feira a sexta-feira das 8h às 20h
Sábado das 09h às 16h

Agendamento por número único de WhatsApp disponível para todas as unidades.

Central de Atendimento

Certificações

Certificação CNPQ Certificação ISO9001

Certificações empresa CNPq e ISO 9001:2015.

Receber Notícias

E-mail:
Nome:

PMMA

PMMA é um polímero biologicamente compatível utilizado na medicina há mais de 70 anos, sendo 30 como preenchedor definitivo. Ao longo desse período o produto tem passado por sucessivas melhorias, encontrando-se hoje em sua terceira geração, o que significa uma substância livre de impurezas, com microesferas de tamanho regular e superfície lisa, fatores que reduzem para quase zero o risco de granuloma, migração, alergia ou rejeição. Assim como qualquer procedimento médico o preenchimento com PMMA não é isento de riscos, contudo, pesquisa divulgada em 2016 durante o 1° Simpósio Consenso Brasileiro de Implantes Infiltrativos realizada com 36 médicos de todo o Brasil que analisou 87.371 preenchimentos realizados com PMMA registrou apenas 719 complicações, o equivalente a 0,823% do total. Conforme apurou o estudo feito pelo Grupo de Pesquisa Leger que acompanhou mais de 1.500 pacientes por 10 anos totalizando quase 3.000 procedimentos de aumento de glúteos com PMMA, o índice de intercorrência do produto foi inferior a 2%. O presente estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa (CAEE número 86722118.8.0000.5291) e publicado em junho de 2019 na revista Plastic and Reconstructive Surgery, um periódico da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica, o artigo completo pode ser acessado aqui.

Os dados indicam estatisticamente que o PMMA é biologicamente compatível com o corpo humano, no entanto ainda existem inúmeros mitos sobre o produto. Diversos pacientes alegam ter sofrido com complicações relacionadas ao PMMA, quando na maioria das vezes uma avaliação mais criteriosa revela negligência em alguma das três condições básicas para um procedimento adequado: ambiente, profissional e produto. Grande parte das complicações acontece devido a realização de um procedimento médico em ambiente inadequado, como quarto de hotel, salão de beleza ou até mesmo na própria casa do paciente, sem as condições mínimas de higiene, muito menos alvará da vigilância sanitária; procedimentos feitos por outros profissionais, que muitas vezes não são médicos; e realizados com alguma marca de PMMA não aprovada pela Anvisa ou mesmo com produtos proibidos como hidrogel ou silicone líquido.

No vídeo abaixo o Dr. Roberto Chacur esclarece os mitos do PMMA.

Como funciona o PMMA

O PMMA funciona como estimulador de tecido do próprio paciente, colaborando para o aumento de volume e definição do contorno da região onde é implantado. As microesferas sólidas de PMMA são misturadas em um gel que serve de veículo para transportar o produto através da microcânula. Após implantado, o gel é absorvido pelo corpo e as microesferas são envoltas pelo novo tecido rico em colágeno. Na verdade, a maior parte do volume criado é de tecido autólogo, em média, cada 20% de produto estimula o crescimento de até 80% de tecido conjuntivo, ou seja, o PMMA funciona muito mais como estimulador tecidual do que como preenchedor.

representacao em grafico da estimulação de tecido autologo e colageno pelo pmma

Antes e depois do preenchimento com PMMA

Antes do preenchimento com PMMA o paciente deverá passar por avaliação presencial onde serão avaliadas as condições físicas e histórico clínico para definir se o procedimento é indicado para o caso. É na consulta presencial que serão definidas as áreas a serem preenchidas, a concentração do produto a ser utilizado e sua quantidade. Se houver disponibilidade de agenda o procedimento pode ser realizado no mesmo dia da avaliação. Após a consulta presencial e ainda antes de realizar o preenchimento, o paciente assina um termo de consentimento onde declara ter sido informado de todos os cuidados e orientações que deve seguir a fim de alcançar o objetivo pretendido, manifestando expressamente sua concordância e consentimento para realização do procedimento. Conforme o anexo I, item 6, inciso VII da resolução nº 1.974/11 do Conselho Federal de Medicina é proibido "apresentar de forma abusiva enganosa ou sedutora representações visuais das alterações do corpo humano causadas por supostos tratamento ou submissão a tratamento; todo uso da imagem deve enfatizar apenas a assistência". No entanto, na consulta de avaliação presencial o médico poderá exibir fotos antes e depois do preenchimento com PMMA como forma de ilustrar as possibilidades do procedimento, sempre lembrando que este é um tratamento médico e como tal seus resultados podem variar de pessoa para pessoa.

Depois do preenchimento com PMMA é possível retornar as atividades de rotina normalmente, sem maiores restrições, devendo apenas evitar exposição solar. O paciente sai do consultório com um curativo que pode ser retirado nas horas seguintes, com exceção do preenchimento de nariz, quando o curativo serve de molde, devendo permanecer por sete dias até a solidificação do produto. É normal o surgimento de edema que pode inclusive dar a impressão de aplicação em excesso do produto, no entanto essa é uma resposta natural do organismo à intervenção que regride gradualmente em dois ou três dias. Alguns pacientes podem apresentar ainda equimose, pequenos roxos que são tratados com pomadas prescritas pelo médico. Está incluso no preço do preenchimento com PMMA uma consulta de revisão para avaliar a evolução do procedimento e realizar retoques, caso houver necessidade.

Quanto custa o preenchimento com PMMA

O preço do preenchimento com PMMA varia conforme o objetivo do tratamento e o número de áreas tratadas. É somente durante a consulta, fazendo uma avaliação presencial, que o médico poderá definir se este é o tratamento mais adequado para o caso, o número de regiões a serem preenchidas e qual a quantidade de produto necessária. O valor da consulta varia de acordo com o médico de cada unidade e pode ser abatido do preço total do tratamento caso o mesmo seja realizado na clínica em até 30 dias. Conforme o estabelecido no anexo I, item 6, inciso XIV da resolução nº 1.974/11 do Conselho Federal de Medicina é proibido "divulgar preços de procedimentos, modalidades aceitas de pagamento/parcelamento ou eventuais concessões de descontos como forma de estabelecer diferencial na qualidade dos serviços". Informações sobre preços e valores do preenchimento com PMMA podem ser obtidos através da nossa central de atendimento nos números (21) 4063.8333, (11) 4063.3338 ou (51) 4063.8333, pelo email [email protected], pelo formulário no final desta página ou pelo WhatsApp Único (21) 990.039.072. Os preços informados podem variar de acordo com a avaliação presencial feita pelo médico.

Preenchimento com PMMA dói?

O preenchimento com PMMA é realizado com anestesia local, deixando pouca margem para desconforto. Geralmente o procedimento é bem tolerado e o paciente pode retornar as suas atividades de rotina no mesmo dia.

Quais são os riscos do preenchimento com PMMA?

Como qualquer procedimento médico o preenchimento facial possui riscos, que são minimizados quando o tratamento é realizado por médico experiente com registro válido no conselho de medicina do Estado onde o procedimento será realizado, quando o tratamento é feita em ambiente com alvará da vigilância sanitária para realização de procedimentos médicos e quando são utilizados produtos aprovados pela Anvisa. Ambiente, profissional e produto são os três fatores que o paciente deve cuidar ao realizar um preenchimento com PMMA.

Quantas sessões de preenchimento com PMMA são necessárias?

O número de sessões de preenchimento com PMMA varia conforme o objetivo do tratamento. Por ser um produto definitivo o volume implantado de PMMA é sempre menor do que o desejado, sendo realizado retoques até alcançar o aspecto desejado. Por ser um produto definitivo o mais indicado é que seja realizado com cautela, para evitar uma aparência artificial. Está incluso no valor uma consulta de revisão após 30 dias onde podem ser realizados retoques até alcançar uma aparência satisfatória e um contorno bem definido da região.

Resultado do preenchimento facial

Preenchimento com PMMA tem um resultado bastante natural. Implantado na maioria das vezes entre a pele e o músculo, o PMMA dificilmente é percebido a olho nu ou ao toque e também se mantém no local ao longo dos anos apesar do envelhecimento do paciente. O PMMA é indicado para harmonização facial e preenchimento corporal, incluindo aumento de glúteos. Suas características contribuem para estimulação de colágeno e uma pele macia, hidrata, com melhora da textura, brilho e menos flacidez, sendo uma das alternativas para a bioestimulação no tratamento de celulite com Goldincision.

Artigo sobre PMMA por Dr. Roberto Chacur

O polimetilmetacrilato (PMMA) foi sintetizado em 1902, mas foi em 1936 que houve sua primeira utilização com fins de saúde, no caso, a odontologia. Em 1940 o mesmo material foi manuseada para fechamento da calota craniana. A partir daí, o PMMA passou a ter outras funções, de modo que há 24 anos foi descoberta sua aplicação para fins de preenchimento.

Atualmente, existem dezenas de estudos científicos demonstrando a estabilidade, biocompatibilidade e provando ser um produto inerte e não carcinogênico.

É verdade que o produto evoluiu muito nestes anos. Hoje cito a qualidade do PMMA brasileiro como estando na terceira geração.

Os compostos a base de metacrilato da primeira possuíam composto de metacrilato com esferas irregulares e de tamanhos variados, sem homogeneidade, favorecendo a reação ao corpo estranho em cerca de 3% dos casos.

pmma

Estudos clínicos constataram que uma solução de 20% de metacrilato com partículas regulares, de 40 micras, era o suficiente para estimular 80% de tecido do próprio paciente. Este é um tecido conjuntivo rico em colágeno que promove não apenas harmonização, mas uma melhoria na qualidade da pele, diferentemente de outras substâncias preenchedoras, como o ácido hialurônico, que promovemos um aumento volumétrico, mas sem estímulo tecidual significativo.

Com esta evolução e regularização das partículas, em 1994 o produto foi aprimorado nos EUA, o que diminuiu a incidência de granuloma de 3% para menos de 0,01%. Em 2006, o PMMA foi purificado por meio da retirada de nanoparticulas que ainda existiam, passando a ser liberado nos Estados Unidos (EUA) como primeiro e único implante líquido definitivo reconhecido pelo FDA.

Polimetilmetacrilato, o PMMA, no Brasil

No Brasil, entretanto, a evolução não foi tão rápida. Até 2007, dezenas de farmácias de manipulação fabricavam o produto com partículas totalmente irregulares, sem devido controle pelos órgãos competentes, sendo a manipulação sabidamente proibida (em 2007) mantendo apenas as indústrias com o controle mais rigoroso na produção e qualidade.

Microscopia comparativa que realizamos entre dois produtos nacionais, comercializados por indústrias com registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) em dezembro de 2012. Existe uma importante diferença na qualidade das partículas, tamanho e contaminação em uma das amostras. O produto da direita se apresenta com péssima qualidade e um grau de absorção maior, devido quantidade de partículas, e menores que 30 micras, permitindo fagocitose e eliminação.

Na prática o produto da direita promovia menor resultado em volume, maior inflamação e maior incidência de reação granulomatosa.

Ao final de 2012, e início de 2013, permaneceram no mercado apenas duas indústrias fabricantes no Brasil, e ambas passaram a ter a qualidade no tamanho das partículas e pureza, promovendo maior correção de defeitos tegumentares da pele, além de um menor grau de inflamação e resultado mais natural.

Por Dr. Roberto Chacur

 

riscos da bioplastiaALERTA PARA QUEM DESEJA REALIZAR BIOPLASTIA CORPORAL – RISCOS E CUIDADOS.

Bioplastia com implantes líquidos definitivos é um procedimento exclusivamente MÉDICO,
É necessário que o procedimento seja realizado em ambiente com ALVARÁ DA VIGILÂNCIA SANITÁRIA,
Questione seu médico sobre o PRODUTO, peça para ver as ampolas com o lote e validade, INEXISTE PRODUTO MANIPULADO COM LIBERAÇÃO de produção pela ANVISA.

ATENTAR PARA - Profissional – ambiente – produto

<
clinica leger s�o paulo Clinica Leger Moema São Paulo
  • Alameda Maracatins, 1435, conj. 206/207. Moema (atrás do Shopping Ibirapuera)
  • São Paulo SP - BRASIL
  • Fone/Fax: 55 (11) 4063-3338/2367-4816
  • E-mail: [email protected]
  • Google Maps


 

Clínica Maison Leger Porto Alegre
Clínica Leger Rio de Janeiro
Clínica Leger Recife