Agendamento: RS +55 (51) 4063.8333, RJ +55 (21) 4063.8333, SP +55 (11) 4063.3338
De segunda-feira a sexta-feira das 8h às 20h | Sábado das 9h às 15h
Voltar
Corporal Cirurgia Plástica

Ginecomastia

Ginecomastia é caracterizada pela hipertrofia das glândulas mamárias em homens causando o surgimento das mamas masculinas. Apesar da terapia hormonal ser uma opção, a cirurgia é o tratamento preferencial, sendo realizada normalmente com anestesia local e sedação opcional, em bloco cirúrgico com duração de uma hora e meia e internação de até um dia. O paciente deixa o hospital com um curativo e um colete elástico para reduzir o edema, evitar a flacidez e melhorar a aderência da pele ao músculo. Algumas respostas normais a intervenção cirúrgica podem surgir mas tendem a regredir naturalmente como sensibilidade local, dificuldade de movimento dos membros superiores, inchaço, hematomas e um maior desconforto nos primeiros três dias, quando é recomendado repouso absoluto. É recomendado evitar esforço físico por pelo menos 30 dias.

O crescimento de mamas nos homens pode ser causado por inúmeros motivos chegando a atingir mais da metade do sexo masculino em graus variados. As causas incluem contato com o estrogênio da mãe durante a gestação, Síndrome de Klinefelter, alterações hormonais da puberdade, hipertiroidismo, desnutrição, alterações no fígado, medicamentos para o tratamento de próstata, HIV, quimioterápicos, antidepressivos, anabolizantes e até antibióticos. Outra possibilidade para o crescimento das mamas masculinas é o desequilíbrio hormonal, nesses casos o tratamento pode envolver terapia com repositores de testosterona, bloqueadores de estrogênio ou da aromatase, sua enzima produtora. Contudo, o tratamento medicamentoso promove efeitos discretos, sendo indicado geralmente apenas para ginecomastia grau 1. Nunca se automedique ou interrompa o tratamento sem a orientação do médico.

Cirurgia de ginecomastia masculina

A cirurgia de ginecomastia é indicada quando o problema não reduz naturalmente e consiste em remover parte do tecido glandular e da gordura ao redor do mamilo. O procedimento pode ser realizado com ressecamento da glândula mamária através de um corte na aréola ou deixando uma cicatriz maior desde o sulco mamário, em caso de remoção de excesso de pele. A verdadeira ginecomastia apresenta o desenvolvimento da glândula mamária feminina em homens, sendo uma condição exclusivamente masculina, que apresenta dilatação dos dutos mamários, fibrose e aumento do tecido glandular na região do mamilo. O crescimento irregular, unilateral e bilateral costuma apresentar as mesmas causas e condutas semelhantes de tratamento. A necessidade e viabilidade da cirurgia de ginecomastia deve ser avaliada pelo médico em consulta presencial. Consulte seu médico.