Porto Alegre

Rio de Janeiro

São Paulo


IN ES BR

Certificações

Certificação CNPQ
Certificação ISO
Certificação empresa ISO 9001:2008 e CNPq.

Receber Notícias

E-mail:
Nome:

HIPERIDROSE AXILAR, CAUSAS E TRATAMENTOS

Hiperidrose axilar é um excesso desagradável de suor que se concentra apenas em uma área e ocorre independentemente do calor. Apesar de ser uma condição benigna, causa desconforto social e desagrado em seus portadores. Contudo, existe tratamento para esse problema.

hiperidrose e suor excessivo

A hiperidrose axilar é uma situação tão constrangedora e incômoda quanto hiperidrose nas outras áreas do corpo. Como sempre, somente quem tem a doença consegue sentir a real dimensão do problema que é a hiperidrose axilar. Os pacientes com hiperidrose axilar referem grande constrangimento causado pelas roupas molhadas, carregam consigo varias camisas ou camisetas que são trocadas ao longo do dia. O preconceito social está ligado ao desconhecimento da doença, erroneamente relacionada à falta de higiene. O mau odor é chamado bromidrose e atinge até mesmo quem não sofre de hiperidrose. Ele ocorre devido ao acúmulo de bactérias junto à gordura exalada com o suor das axilas.

Quando tratamentos com antitranspirantes extra-fortes (24-48hs) não produzem resultados a alternativa mais comum era o procedimento invasivo com toxina botulínica, que impede a comunicação do cérebro com as glândulas sudoríparas bloqueando a ação do neurotransmissor acetilcolina que estimula a produção de suor, reduzindo assim a hiperidrose. Ao invés de paralizar as glândulas sudoríparas com injeções desconfortáveis, o tratamento atual é baseado na tecnologia de micro-ondas. Um procedimento tranquilo e seguro no qual um aparelho emite ondas eletromagnéticas capazes de atrofiar as glândulas sudoríparas, dificultando seu funcionamento e consequentemente minimizando a hiperidrose. As micro-ondas alcançam as camadas inferiores da pele enquanto mantêm a superfície resfriada, o que permite pouco desconforto durante o procedimento e evita lesões posteriores.

O emprego de micro-ondas vem crescendo como um procedimento não invasivo e de resultados positivos que alcançam cerca de 80% de redução de hiperidrose excessiva com apenas uma aplicação. Isso favorece a utilização dessa tecnologia contra a curta duração das aplicações de toxina botulínica e a diminuição de eficácia nas aplicações consecutivas. Considera-se que o uso da toxina botulínica não dá bons resultados nos casos de hiperidrose axilar quando comparado ao tratamento com micro-ondas.

Outra peculiaridade da região axilar é a presença de glândulas sudoríparas apócrinas, as únicas que expelem gorddura juntamente com o suor. Por isso, o mau cheiro conhecido como bromidrose é mais frequente nessa rregião. Contudo, a bromidrose não está relacionada diretamente com a hiperidrose, sendo comum também em quem não sofre da doença.

Atualmente o tratamento da hiperidrose axilar é feito com a aplicação de micro-ondas que atrofiam as glândulas sudoríparas e impedem a produção do suor excessivo. Enquanto as micro-ondas aquecem as camadas mais profundas da pele, a camada superficial é mantida resfriada, o que evita o surgimento de edemas no local. O suor excessivo axilar não é uma doença e não causa problemas de saúde. Logo, interromper a produção desse suor com tecnologia de micro-ondas não é prejudicial ao organismo. A utilização de micro-ondas no tratamento do suor excessivo é aprovado pela ANVISA e pela FDA, a agência de saúde norte-americana. Clique para saber mais sobre o tratamento para hiperidrose axilar com micro-ondas.

INTERVENÇÃO NÃO INVASIVA

Aplicação de micro-ondas: o tratamento para o suor excessivo axilar feito com a tecnologia de micro-ondas alivia o incômodo da hiperidrose sem cortes ou injeções. Este modo de tratamento não invasivo utiliza sua tecnologia para atrofiar as glândulas sudoríparas através do calor, enquanto mantém a superfície da pele resfriada. Resultados de estudos norte-americanos, a aplicação de micro-ondas não modifica a rotina do paciente e tem índice de 82% de satisfação. Em casos de dúvida entre em contato com a gente pelo formulário abaixo ou visite nossa página sobre suor excessivo nas axilas.



clinica leger s�o paulo Clinica Leger Moema São Paulo

 

Clínica Maison Leger Porto Alegre
Clínica Leger Rio de Janeiro
Clínica Leger Recife