Agendamento: RS +55 (51) 4063.8333, RJ +55 (21) 4063.8333, SP +55 (11) 4063.3338
De segunda-feira a sexta-feira das 8h às 20h | Sábado das 9h às 15h
Voltar
Corporal Cirurgia Plástica

Mamoplastia Redutora

Mamoplastia redutora é um procedimento cirúrgico com objetivo de reduzir o excedente das mamas grandes ou caídas, buscando uma forma e um tamanho mais confortável. Na cirurgia de redução de mama é removido o excesso de gordura, tecido glandular e pele para atingir um tamanho de busto proporcional ao corpo da paciente. É possível associar a mamoplastia redutora com prótese de silicone de pequeno volume e também à mastopexia redutora, quando poderão ser feitas a correção da ptose mamária, garantir simetria, dar firmeza e aprimorar o contorno dos seios.

A cirurgia de redução de mama deverá ser feita em hospital, com anestesia geral ou local com sedação, tem duração de duas a três horas e internação de 12 a 24 horas. A incisão normalmente é feita em forma de “T” invertido entre a parte inferior da aréola e a base do seio, quando seguidas as orientações médicas a cicatriz tende a ser bastante discreta. A paciente sai do hospital com um curativo com ataduras e normalmente fica em repouso por três dias, devendo dormir de barriga para cima e utilizar um sutiã especial com suporte por cerca de um mês. A paciente pode apresentar sensibilidade local, inchaço e hematoma, o desconforto é controlado com analgésicos comuns e tende a diminuir após a primeira semana.

O retorno à rotina ocorre em torno do sétimo dia após a cirurgia, quando a paciente se sentirá mais confortável para desempenhar as tarefas diárias. Devem ser evitado esforço físico e musculação, bem como erguer os braços além da linha dos ombros por pelo menos 30 dias. É indicado solicitar auxílio para algumas tarefas como lavar o cabelo e principalmente para trocar o curativo. A aparência final só poderá ser observada entre seis meses e um ano, tempo necessário para redução de edema, equimose e cicatrização completa.

Como a mamoplastia redutora é realizada

O cirurgião plástico irá avaliar as condições físicas e o histórico clínico da paciente na consulta presencial para determinar a necessidade e viabilidade da cirurgia. Antes da cirurgia pode ser solicitados exames como mamografia e/ou ecografia, bem como uma visita ao seu cardiologista. Durante o procedimento, o cirurgião vai remover o tecido em excesso, refazer o contorno dos seios e reposicionar os mamilos. Embora o médico faça esforço para evitar as cicatrizes, sua formação é uma consequência inevitável de toda a cirurgia. As cicatrizes costumam, entretanto, ser discretas e, quando seguidas as ordens médicas, tendem a serem menos visíveis após um ano. Alguns pacientes podem desenvolver cicatrizes grossas, é importante comentar isso na consulta caso tenha reparado essa característica em você ou conheça algum histórico familiar.

O conteúdo exposto aqui tem finalidade exclusiva de esclarecimento da sociedade e não substitui a consulta médica presencial. Converse com seu médico.