Carregando...
Agendamento: +55 (51) 4063.8333, +55 (21) 4063.8333, +55 (11) 4063.3338
De segunda-feira a sexta-feira das 8h às 20h | Sábado das 9h às 15h
Voltar
Dermatologia e Nutrologia Dermatologia

Lipo de papada com enzimas

Lipo enzimática de papada é realizada com ácido deoxicólico, uma enzima que dilui a gordura localizada e reduz o queixo duplo. O produto é distribuído diretamente no local ajudando na quebra de células adiposas e na definição do contorno do rosto. A lipo de papada com enzimas é um tratamento minimamente invasivo, o que possibilita o retorno a rotina no mesmo dia.

O método é uma das aplicações da mesoterapia, um tratamento tradicional que consiste na aplicação de medicamentos selecionados para os mais diversos fins, como tratamento capilar, de flacidez, estrias, celulite, entre outros, conforme a necessidade do paciente e avaliação médica. A mesoterapia com ácido deoxicólico ajuda a diminuir a papada. O queixo duplo pode ser formado por flacidez, gordura localizada ou ambos. A aplicação de ácido deoxicólico facilita a quebra das células adiposas e reduz a papada. Sessões de radiofrequência podem ser indicadas como tratamento complementar para flacidez. Verifique sempre se a marca comercial do aparelho ou substância utilizada é aprovada pela Anvisa. Isso significa uma menor chance de reações adversas e uma tratamento mais eficaz.

Como funciona a lipo enzimática de papada

A lipo enzimática de papada funciona com ácido deoxicólico para reduzir o queixo duplo através da quebra das células de gordura acumuladas na região. O médico desenha uma pequena grade de marcação com 10 a 30 pontos na região submentoniana com um espaço de aproximadamente um centímetro entre cada um. São aplicadas então pequenas quantidades de ácido deoxicólico em cada pontinho promovendo a quebra da gordura que será absorvida e eliminada pelo sistema linfático. O procedimento dura cerca de uma hora e o paciente pode retornar às atividades de rotina no mesmo dia.

Antes da aplicação do ácido deoxicólico o paciente deverá passar por consulta presencial onde serão avaliadas as condições físicas e histórico clínico para definir se o procedimento é indicado para o caso. Se houver disponibilidade de agenda o procedimento pode ser realizado no mesmo dia da avaliação, sem a necessidade de preparação extra. Após a consulta presencial e ainda antes de realizar a aplicação, o paciente assina um termo de consentimento onde declara ter sido informado de todos os cuidados e orientações que deve seguir a fim de alcançar o objetivo pretendido, manifestando expressamente sua concordância e consentimento para realização do procedimento.